18 A 23 DE ABRIL DE 2017

Confira as atrações desta semana no Centro Dragão do Mar


O espetáculo infantil Iroko tem últimas apresentações neste fim de semana

A semana de 18 a 23 de abril traz as penúltimas apresentações dos espetáculos da Temporada de Arte Cearense (TAC), deste mês, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Continuam em cartaz as peças dos programas Teatro da Terça, Quinta com Dança e Nas Ruas do Dragão. O Teatro Infantil, com a peça "Iroko", do ator e pesquisador Edivaldo Batista, faz as últimas apresentações, nos dias 22 e 23.

A programação desta semana traz ainda o Encontro de Formação e Capacitação de Folcloristas, nos dias 19 e 20, no Auditório do Dragão, com acesso gratuito.

Confira a programação completa abaixo.

 

 


 

PROGRAMAÇÃO

 

Teatro da Terça [Temporada de Arte Cearense]
As Bondosas
Cia de Teatro Lua

Astúcia, Angústia e Prudência são três carpideiras (mulheres que acompanham funerais, pranteando os mortos) que estão saturadas do ofício. Encarregadas de velar o corpo da filha mais jovem de uma família aristocrática, surpreendem-se com o comportamento pouco ortodoxo dos membros da família, a começar pela própria falecida, morta em estranhas circunstâncias.

Dias 18 e 25 de abril de 2017, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Gratuito. Classificação: 12 anos.

 

 

 

 

 

Tango na Praça

Venha trocar ideias e dançar junto de admiradores do tango argentino. O projeto mensal traz a prática do tango ao alcance de todos.

Dia 19 de abril de 2017, das 19h às 21h, na Arena Dragão do Mar. Acesso gratuito.

 

 

 

 

 

Encontro de Formação e Capacitação de Folcloristas

O Encontro de Formação e Capacitação de Folcloristas trata-se de um momento único para troca de experiências entre folcloristas, mestres e pesquisadores da cultura tradicional popular, nos dias 19 e 20 de abril, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, com programação gratuita.

Em sua primeira edição, o Encontro de Formação e Capacitação de Folcloristas terá como tema “A preservação da Identidade da Cultura Popular Regional”. O evento terá duração de cinco dias com atividades voltadas a escolas, através da realização do minicurso Folcloreando e uma série de palestras no Auditório do Dragão.

Por meio da realização dos minicursos, busca-se uma maior difusão da temática da Cultura Popular entre o público escolar; e, através das palestras e intervenções, o encontro contribuirá de forma sistemática com o desenvolvimento de folcloristas, brincantes, pesquisadores e estudiosos da cultura tradicional popular e áreas afins, bem como outros produtores culturais, por meio do conhecimento, divulgação e discussão sobre os estudos de manifestações tradicionais populares e suas diversas metodologias e áreas de pesquisa.

A realização do Encontro de Formação e Capacitação de Folcloristas contribuirá para o reconhecimento de várias faces do povo cearense, como também apresentará pesquisas oriundas das mais diferentes tendências, o estudo contemporâneo e a dinâmica das atividades do universo folclórico que vêm se desenvolvendo em nossa sociedade em constante transformação.

Esse projeto é apoiado pelo Sindicato dos Artesãos Autônomos do Estado do Ceará – SIARA em colaboração com a Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza.

Com a presença de nomes de reconhecida atuação na pesquisa, no ensino e na gestão voltada a setor da Cultura Popular Tradicional, o Encontro visa o propiciar o envolvimento de pesquisadores e estudiosos cearenses, com os mais recentes estudos e pesquisas, ampliando e favorecendo a discussão dos novos paradigmas que norteiam o saber popular.

19h – Memória e Identidade da Cultura Popular Cearense
Palestrante: Cláudio Couto

20h – Relevância dos Registros de Pesquisa das Culturas Populares
Palestrante: Simone Castro

Dias 19 e 20 de abril de 2017, a partir das 19h, no Auditório. Acesso gratuito. Classificação etária: Livre. Inscrições: https://goo.gl/sNMy1g.

 

 

 

 

 

 

► Nas Ruas do Dragão [Temporada de Arte Cearense]
A Granja

Nóis de Teatro

O espetáculo “A Granja” estreou em maio de 2009 e hoje ele é, para o Nóis, o contato mais forte com a linguagem popular e brincante do teatro de rua tradicional. Surge pela necessidade de narrar as inquietações dos artistas do grupo enquanto moradores de um bairro de periferia. O cotidiano, as conquistas e os problemas urbanos das favelas são apresentados, discutindo, em cena, as relações de opressor e de oprimido estabelecidas nas lutas de classe.

Utilizando como referência a obra “Ubu Rei”, de Alfred Jarry, o texto fala de como “Zé da Granja” se tornou um grande imperador, revelando o controle social, a alienação popular e a territorialização das favelas. Com poesia popular e brincadeira, o espetáculo propõe um ato novo, tão difícil de encontrar na atual sociedade: a possibilidade da construção do pensar.

Dias 20 e 27 de abril de 2017, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Acesso gratuito.

 

 

 

 

 

► Quinta com Dança [Temporada de Arte Cearense]
Travessia

Studio de Dança Katiana Pena

O espetáculo Travessia é uma reflexão sobre a vida urbana de periferia, uma leitura do mundo sob a ótica de quem está à margem, sem obrigatoriamente ser “marginal”. É um jornal do dia. Isso porque traz ao palco as contradições do sistema que faz sofrer o preto pobre, o branco pobre, o amarelo pobre, o multicolorido pobre.

Dias 20 e 27 de abril de 2017, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingresso: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação: Livre.

 

 

 

 

 

► Espetáculo “Kahlos”

Vaidade e dor atravessam as cores e a escrita de Frida Kahlo. Movimentos nascem da palavra e da tinta que vão compondo nossas inquietações, afetadas pelo corpo de uma mexicana que se dilacera ora pelos próprios incidentes biográficos, ora pela intensidade dos seus sentimentos.

Direção artística: João Paulo Lima
Coreografia: João Paulo Lima e Luisa Bessa
Textos: adaptados do Diário de Frida Kahlo
Música original: Andy Khamidi
Figurino: Pérola Castro e Francisca Oliveira
Iluminação: Izabel Souza
Fotografia: Tim Oliveira
Duração: 45 minutos

Dia 21 de abril de 2017, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação etária: 12 anos.



 

 

 

► Teatro Infantil [Temporada de Arte Cearense]
Iroko
Edivaldo Batista

Iroko é espetáculo para crianças do ator-pesquisador Edivaldo Batista, onde se utiliza das narrativas mitológicas do povo ioruba para apresentar o orixá Iroko. Na cena o ator se utiliza de máscaras para compor as figuras principias que representam a lenda tradicional de um deus que mora dentro da arvore sagrada Iroko.

Dias 22 e 23 de abril de 2017, às 17h, no Teatro Dragão do Mar. Ingresso: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação livre.

 

 

 

 

 

► Espetáculo “De las entrañas”

Objetos, cores, imagens, pessoas não são apenas o que instantaneamente se apresentam aos olhos, eles podem revelar por seus arrebiques imagéticos possibilidades de percebermos os entornos e sentimentos que nos um infundem medo de nós mesmos.

Direção artística: João Paulo Lima
Coreografia: Alda Pessoa
Figurino: Alda Pessoa e Francisca Oliveira
Iluminação: Izabel Souza
Fotografia: Paulo Amoreira
Duração: 45 minutos

Dia 22 e 23 de abril de 2017, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação etária: 14 anos.

 

 

 

 

 

 

Fuxico do Vinil

O Fuxico no Dragão veio para agitar as tardes de domingo com uma feirinha diferenciada que reúne, a cada edição, vinte expositores de produtos criativos em design, moda e gastronomia. Esses designers e artesãos são novos nomes nessas áreas, encontrando no Fuxico no Drago ãum espaço relevante para atingir o grande público e desenvolver seu empreendedorismo.  

Esta edição do Fuxico terá ainda encontro de colecionadores de vinis, que vendem e trocam suas relíquias. Vale conferir!

Dia 23 de abril de 2017, das 16h às 20h, na Arena Dragão do Mar. Acesso gratuito.

 

 

 

 

 

 

 

TODA SEMANA NO DRAGÃO DO MAR


Feira Dragão Arte
Feira de artesanato fruto da parceria com Sebrae-CE e Siara-CE.
Sempre de sexta a domingo, das 17h às 22h, ao lado do Espelho D'Água. Acesso gratuito.

 

Planeta Hip Hop
Grupos promovem exibições de dança e música hip hop.
Todos os sábados, às 19h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.

 

Brincando e Pintando no Dragão do Mar
Brincadeiras e atividades infantis orientadas por monitores animam a criançada.
Todos os domingos, das 16h às 19h, na Praça Verde. Gratuito.

 

Fuxico no Dragão
Atrações artísticas e uma feirinha com vinte expositores de produtos criativos em design, moda e gastronomia agitam as tardes de domingo.
Todos os domingos, das 16h às 20h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.

 

 

 

 

 

 

PLANETÁRIO RUBENS DE AZEVEDO

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura informa que o Planetário Rubens de Azevedo passa por manutenção corretiva. Está, portanto, temporariamente fechado para atendimento ao público.

 

 

 

 

 

VISITE NOSSAS EXPOSIÇÕES

 


 

MUSEU DA CULTURA CEARENSE (MCC)

 

Exposição Miolo de Pote: a cerâmica cearense primitiva e atual

Reunindo uma série de peças feitas de barro, a mostra apresenta o dinamismo e vivacidade desta arte ancestral e milenar, no Ceará, além de trazer ainda a contribuição de artistas plásticos e visuais como Bosco Lisboa, Gentil Barreira e Tiago Santana.

Potes, panelas, alguidar, caco de torrar café, brinquedos. A exposição Miolo de Pote revela um Ceará uno e múltiplo, similar e diverso, em dia com as heranças indígenas, africanas, ibéricas. “Primitiva e atual, a arte no barro mantém características próprias em cada localidade ou região, seja no tipo de material, no desenho, nas técnicas, seja no resultado final”, define a curadora Dodora Guimarães. Além dela, a mostra tem ainda a contribuição curatorial da historiadora e diretora de museus do Centro Dragão do Mar, Valéria Laena.

Miolo de Pote reúne, sobretudo, duas coleções públicas: a do Museu da Cultura Cearense (Instituto Dragão do Mar), feita entre 1997 e 1998, que cobriu a Região do Cariri, Saboeiro e Iguatu; e a da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Governo do Estado do Ceará), adquirida em 2005 e 2006, durante o Projeto Secult Itinerante, que percorreu todo o Estado. Algumas peças advindas do Projeto Comida e da exposição O Fabuloso Mundo do Barro, ambos do MCC, enriquecem a mostra que conta ainda com a participação dos artistas plásticos e visuais Bosco Lisboa, Gentil Barreira, Liara Leite, Sabyne Cavalcanti, Tiago Santana, Tércio Araripe, Terry Araújo e Túlio Paracampos.

 

Instalação de Bosco Lisboa

Em julho, o MCC e o artista Bosco Lisboa desenvolveram uma oficina gratuita, aberta ao público, cujas peças produzidas agora são parte de uma instalação inédita, nesta exposição. Nas aulas ministradas de 19 a 22 de julho, no ateliê da Praça Verde do Dragão do Mar, o artista ensinou as técnicas para se trabalhar com argila.

Natural de Juazeiro do Norte (CE), Bosco desenvolveu, por mais de dez anos, uma pesquisa com artesãos do Sítio Touro e do bairro Tiradentes, tradicionais redutos da cerâmica de sua cidade natal. Em 1994, passou a moldar o barro tendo em vista sua relação com o cotidiano. Por seu trabalho, recebeu menção honrosa no Salão dos Novos em 1993, em Fortaleza. Entre as exposições coletivas de que participou, destacam-se 1ª Bienal do Cariri (Juazeiro do Norte, 2001), Bienal Naif’s (Sesc Piracicaba, 2004) e Projeto Abolição Tudo É de Barro, no Centro Cultural do Abolição (Fortaleza, 2005).

Em cartaz até 30 de maio de 2017, no Piso Intermediário do MCC. Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

 

 

 

 

 

Exposição Vaqueiros [exposição de longa duração]

Exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro.

No Piso Inferior do Museu da Cultura Cearense. Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e aos sábados e domingos, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

 

 

 

 

Ações do Núcleo Educativo do MCC

[PROJETO ANUAL]AMPLIANDO OS OLHARES / DIALOGANDO COM A OBRA
Visitas mediadas para o público espontâneo, sem necessidade de agendamento prévio.

É imensurável a diversidade de experiências e aprendizados dos diferentes públicos quando visitam exposições. Os acervos expostos costumam suscitar inúmeras questões: de onde veio? Quem fez? Qual significado? Por que está neste lugar? Para alguns, o diálogo com o educador é essencial para significar o acervo exibido.

Todas e todos os (as) interessados (as) em “ampliar os olhares” para as exposições do MCC e “dialogar” com o acervo por meio de atividades diversas (oficinas, contações de história, cine clube, jogos, descoberta dirigida, etc) estão convidados a participar desta programação.

QUANDO: aos finais de semana de abril, a partir das 18h
ONDE: Nas exposições do MCC
QUEM MEDIA: Educadores do MCC.
PÚBLICO ALVO: Famílias, amigos, casais, crianças, estudantes. Público livre.
Informações: 85 3488.8621 ou educamcc@gmail.com

 

[DIÁLOGO CULTURAL] UMA CONVERSA SOBRE FOTOGRAFIA CONTEMPORÂNEA: NARRATIVA, COMUNICAÇÃO E IMAGEM

Pensar fotografia no plano visual e para além dele requer uma intimidade, às vezes, confessional para com a imagem e 'sua' narrativa. Essas, por sua vez, também não se dão de forma separada, imbricando-se no fazer fotográfico, tanto quanto na fotografia. Imagem, narrativa e fotografia caminham, aqui, juntas mais uma vez.

QUANDO: 20/04 (quinta), das 18h às 19h30
ONDE: Miniauditório do MCC
QUEM: Eduardo Barros Leal | Graduando em Comunicação – Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Ceará (UFC), começou seus estudos nas áreas de fotografia e imagem no início da sua graduação. De 2015 a 2017 foi educador pelo programa de estágios do Instituto Dragão do Mar no MAC-CE na área de pesquisa e acervo do museu. Nos seus trabalhos, outras linguagens se fizera presentes, a colagem, o desenho e os trabalhos em vídeo firmam essa nova fase produtiva. Participou da exposição “Cartas Compartilhadas” (2016) realizada no MIS-CE. Atualmente é bolsista do programa Arte na Biblioteca da Secult UFC.
PÚBLICO ALVO: Livre
GRATUITO

 

 

 

 

 

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DO CEARÁ

Aviso. Museu fechado para montagem de nova exposição.

 

 

 

 

 

 

 

  FUNCIONAMENTO DO CENTRO DRAGÃO DO MAR

Geral: de segunda a quinta, das 8h às 22h; e de sexta a domingo e feriados, das 8h às 23h. Bilheteria: de terça a domingo, a partir das 14h.
Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco: de terça a domingo, das 14h às 22h.
Museus: de terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); sábado, domingo e feriados das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.
Multigaleria: de terça a domingo, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

OBS.: Às segundas-feiras, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura não abre cinema, cafés, museus, Multigaleria e Bilheterias.

 

Acompanhe nossa programação também pelas redes sociais:
Facebook: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Instagram: @dragaodomar
Twitter: @_dragaodomar

 

 

VEJA TAMBÉM

CINEMA DO DRAGÃO
Confira a programação de 12 a 18 de outubro. Estreia de Detroit em Rebelião
NOSSA SEMANA
As atrações de 17 a 22/10 estão aqui. Entre os destaques, a contação de histórias O Barquinho
NOVOS BAIANOS
Banda relembra os sucessos da carreira, no dia 21 de outubro, na Praça Verde
BIENAL DE DANÇA
Dragão do Mar recebe espetáculos, palestras e festas gratuitas da Bienal de Dança 2017
CURSO CONSERVAÇÃO EM TELAS
Escola de Artes e Ofícios abre 10 vagas para Curso de Conservação Preventiva em Telas
CURSO SERIGRAFIA
Escola de Artes e Ofícios divulga resultado do curso de Serigrafia na Produção da Gravura
EDITAL DE SELEÇÃO
Instituto Dragão do Mar lança edital de seleção pública para vários cargos. Confira
SOLICITAÇÃO DE PAUTA
Saiba os critérios e as datas de submissão de pautas no Teatro Dragão do Mar
PREGÃO ELETRÔNICO
Quer prestar serviços para o Dragão? Veja aqui como participar do pregão
REGULAMENTO
Confira regras de contratação do Instituto Dragão do Mar


CENTRO DRAGÃO DO MAR DE ARTE E CULTURA

Rua Dragão do Mar 81, Praia de Iracema - CEP: 60060-390 - Fortaleza/CE - CNPJ: 02.455.125/0001-31
Informações gerais: 55 (85) 3488 8600 / 55 (85) 3488 8608