PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Mostra Olhar do Ceará revela o novo cinema cearense
Vigésima nona edição do Cine Ceará apresenta 20 filmes cearenses, entre longas e curtas-metragens
31/07/19 às 19h57

A Mostra Olhar do Ceará será composta por 20 filmes, sendo 17 curtas e três longas, com as mais diversas propostas fílmicas e temáticas. Do total, 11 são dirigidos ou têm a codireção de mulheres. Os três longas na mostra são: o documentário "Currais", de David Aguiar e Sabina Colares, e as ficções "Se arrependimento matasse", de Lília Moema Santana, e "Tremor iê", de Elena Meirelles e Lívia de Paiva. Dos 102 curtas cearenses inscritos no Festival, cinco estão na Competitiva Brasileira e 17 vão concorrer na Mostra Olhar do Ceará. São curtas que vêm dos mais variados espaços de realização da capital e do interior, de experientes produtoras locais ou da experimentação universitária. A curadoria da Mostra Olhar do Ceará foi feita por meio do trabalho conjunto da comissão da mostra de curtas-metragens, composta por Diego Benevides e Breno Reis, e da mostra de longas-metragens, pelos cineastas Wolney Oliveira e Margarita Hernandez.

OS FILMES DA MOSTRA OLHAR DO CEARÁ

LONGAS-METRAGENS

Currais. Dir. David Aguiar e Sabina Colares. Documentário. 2019. 91min.

Se arrependimento matasse. Dir. Lília Moema Santana. Ficção. 2019. 109min.

Tremor iê. Dir. Elena Meirelles e Lívia de Paiva. Ficção. 2019. 89min.

 

CURTAS-METRAGENS

A família marrom. Dir. Natal Portela. Documentário. 2019.

A mulher da pele azul. Dir. Esther Arruda e Pedro Ulee. Documentário. 2019.

A primeira foto. Dir. Tiago Pedro. Documentário. 2019.

Aqueles dois. Dir. Émerson Maranhão. Documentário. 2018.

Caretas. Dir. Sara Parente. Documentário. 2019.

Deusa Olímpica. Dir. Emília Schramm, Jéssika Souza, Pedro Luís Viana e Rafael Brasileiro. Documentário. 2018.

Espavento. Dir. Ana Francelino. Ficção. 2019.

Grilhões. Dir. Lucas Inocêncio. Ficção. 2018.

Hoje teci imagens que me habitam há muito tempo. Dir. Nilo Rivas. Experimental. 2019.

Icarus. Dir. Vitor Rennan e Vitória Régia. Documentário. 2018.

Iracema mon amour. Dir. Cesar Teixeira. Ficção. 2018.

O bando sagrado. Dir. Breno Baptista. Ficção. 2019.

Oceano. Dir. Amanda Pontes e Michelline Helena. Ficção. 2018.

Onde a noite não adormece. Dir. Paolla Martins e Rodrigo Ferreira. Ficção. 2018.

Onde A cidade é comida, saudade é fome. Dir. Willian Ferreira. Experimental. 2019.

Revoada. Dir. Victor Costa Lopes. Ficção. 2019.

Veias de fogo. Dir. Carnaval no Inferno. Documentário. 2019.

 

 De 31 de agosto à 04 de setembro; Local: Cinema Dragão do Mar - Sala 02

Horários: Sessão: 14h30 às 16h30/ Debate: 16h30 às 17h30

 

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
PARCEIROS