PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Centro Dragão do Mar apresenta exposição fotográfica virtual "Curumin-Erê-Menina" em homenagem ao mês das crianças
A mostra do pesquisador de arte e fotógrafo Luiz Alves apresenta 30 registros infantis em foto-montagens inspirados no painel Paz, da obra "Guerra e Paz", de Cândido Portinari. Confira!
19/10/20 às 17h20

 

 

                                                CURUMIN-ERÊ-MENINA

 

 

A infância é um momento de despertar. Nessa importante fase do desenvolvimento, habilidades físicas e psíquicas devem ser estimuladas para que as crianças possam obter um melhor desempenho de suas habilidades. Nesse processo de aprendizagem, as manifestações artísticas são importantes mecanismos que potencializam o modo como as crianças aprendem e interpretam o mundo, ampliando seus conhecimentos, estimulando sua imaginação e criatividade, possibilitando experiências emocionais, sensoriais e corporais, e aprimorando suas capacidades cognitivas, que lhes oferecem ferramentas para compreender a si próprias e aos outros.


Cumprindo o seu papel na formação de um olhar sensível e na acessibilização da arte e da cultura, o Dragão do Mar explora em suas ações uma infinidade de atividades que buscam despertar valores e saberes, que estimulam o respeito, a liberdade e o respeito ao próximo. Curumins, erês, meninas e meninos convivem em pleno estado de harmonia e troca, guiados por artistas, pintores, palhaços, malabaristas, bailarinas e educadores que têm como missão, através da arte, despertar esses pequenos gigantes. 

 

Toda criança é uma caixa de escolhas, tudo que elas precisam é de conhecimento e liberdade para que possam cumprir sua missão neste mundo. Pensando nisso, a exposição traz 30 imagens que mostram o papel social da arte e da cultura na formação cidadã, a partir de registros de um Dragão onírico, com suas salas museológicas de teletransporte, passarelas flutuantes, teatros mágicos, cinemas encantados e planetário intergaláctico. Imagens protagonizadas por esses visitantes ilustres, sob os cuidados de artistas e educadores, nesse cenário de sonho e realização. 

 

Sobre o Fotógrafo

Luiz Alves


Nascido em Tabuleiro do Norte, em 1979, Luiz Alves de Lima Júnior é formado no Curso Superior de Tecnologia em Recursos Hídricos / Irrigação no Centro de Ensino Tecnológico - Centec - de Limoeiro do Norte. Em 2008, veio morar em Fortaleza, onde fez Mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Ceará. Desde criança apaixonado por arte, nas suas múltiplas linguagens, encontrou na Fotografia a oportunidade de mudar de carreira, conciliando seu encanto pelo fazer artístico com melhores possibilidades de retorno financeiro. Desde 2014, dedica-se exclusivamente à fotografia. Iniciou seus estudos na Escola Porto Iracema das Artes, braço de formação do Dragão do Mar, o que logo despertou seu interesse por eventos e manifestações culturais. Ao longo deste período, realizou inúmeras coberturas de festivahis e espetáculos, como o Festival Manifesta, a Feira da Música, a Bienal Internacional de Dança do Ceará, o Festival de Teatro Infantil, a Maloca Dragão, a  Mostra Petrúcio Maia, dentre outros. Desde 2015, atua como fotógrafo do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Desenvolve trabalhos autorais que buscam dar uma maior visibilidade às manifestações ancestrais como a dos povos Indígenas, maracatus, pescadores e povos de terreiros. 

 

 

PARCEIROS