PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Notícias
Cinema do Dragão realiza terceira edição do Percursos Curatoriais nesta terça-feira (21)
O curador Pedro Azevedo recebe a equipe do festival rastro para mais um debate sobre curadoria no Brasil.
20/09/21 às 13h19

     Em mais um encontro virtual para discutir o panorama da curadoria no Brasil, o Cinema do Dragão, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará que integra o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar, realiza, nesta terça-feira (21), a terceira edição do "Percursos Curatoriais", programa que traz profissionais da cadeia de cinema para discutir o panorama da curadoria brasileira. A partir da 17h, no YouTube do Dragão, o curador do Cinema do Dragão, Pedro Azevedo, receberá Bruno Victor, Rafaella Rezende e Bethania Maia, curadores do rastro, festival de cinema documentário de Brasília. Os convidados comentarão suas percepções acerca do atual cenário, além de compartilharem seus trabalhos no Festival, projetos pessoais e pesquisas.

 

Os convidados


     Bruno Victor é formado em Audiovisual pela Universidade de Brasília e mestrando em Multimeios pela Unicamp. Co-dirigiu e co-roteirizou o curta Afronte, documentário exibido em Havard, Festival internacional de cinema de Rotterdam e Festival de Havana e premiado com o Coelho de Ouro de Melhor Curta-Metragem no Festival Mix de 2017; Prêmio Saruê e Melhor Montagem da Mostra Câmara Legislativa no 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Foi assistente de direção do curta-metragem Lubrina (lançamento 2022), diretor assistente, assistente de direção e pesquisador do longa Afeminadas (lançamento 2022). Co-dirigiu o longa metragem Rumo (lançamento 2022). Ministrou a oficina O corpo negro LGBT no cinema conteporâneo na UFRJ (RJ, 2019), no Festival Negritudes Infinitas (CE, 2020) e no Festival No Seu Quadrado (DF, 2020). Foi professor de roteiro pelo programa educativo do Instituto LGBT+ ( DF, 2020). Representou o Brasil no documentário, Kreativ durch die Krise para a ZDF TV ( Alemanha, 2020 ), foi curador do Festival de documentário internacional rastro (DF, 2020 e 2021), integrante do comitê de seleção Festival Mix Brasil (SP, 2020) integrou o corpo curatorial do concurso de roteiros para o Fade To Black Festival (RS, 2021). Co dirigiu e Co roteirizou o curta-metragem Pirenopolynda ( lançamento 2022) e atual curador do Festival Conexcine (DF, 2021).

 

     Bethania Maia produz e programa mostras e festivais desde 2011, valendo destacar sua participação desde a gênese do biff - brasilia international film festival e da cinema urbana - Mostra Internacional de Cinema de Arquitetura, além das edições de estreia do Immersphere Fulldome Festival e Interanima - Festival Internacional de Animação e interatividade. É produtora executiva de curtas e longas metragens e dirige o cineclube farol, projeto itinerante de cinema a céu aberto. É escritora e produtora executiva da revista online Verberenas. Graduanda em Artes Visuais pela Universidade de Brasília, pesquisa, dentro e fora da academia, raça e gênero. É diretora criativa da três produz filmes e produção cultural, com quem idealizou e codirige o rastro - festival de cinema documentário.

 

     Rafaella Rezende tem formação em Artes Visuais pelo Instituto de Artes (UNB) e é mestra em Teoria e História da Arte na Escola de Belas Artes (UFBA). Paralelamente, atua em projetos de cinema e artes visuais, em frentes diretivas de coordenação, produção, produção de cópias e/ou curadoria. Fez a coordenação geral do Brasília Internacional Film Festival - BIFF (2015 e 2016), onde também trabalhou na curadoria das mostras competitivas (2016 e 2018). Foi coordenadora de produção das mostras paralelas do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (2014 e 2016), curadora no 11º e 13º Festival de Cinema Europeu (2015 e 2017); co-autora e coordenadora geral do Immersphere - Festival Internacional de Filmes em Fulldome de Brasília (2017); coordenadora de produção (2016-2018) da galeria de arte espaço cultural Marcantonio Vilaça - tcu; coordenadora de filmes no Fica - 21º festival internacional cinema e video ambiental (2020) e atualmente é uma das diretoras do rastro - festival de cinema documentário (2020 e 2021). Trabalhou em mais de 40 mostras de cinema na capital federal, destacando-se francis ford copolla (produção local - ccbb/2015), o universo de miyazaki | otomo | kon (produção local - caixa cultural, 2015), um outro, eu mesmo - variações sobre gênero no cinema (produção de cópias - ccbb/2017), mostra v?ra chytilová: a grande dama do cinema tcheco (produção local - ccbb/2019), mostra scorcese (produção local - ccbb/2019), entre outras.

 

O mediador


     Mestre em Estudos de Arte pela Universidade do Porto, com linha de pesquisa em curadoria, museologia e crítica de arte, Pedro Azevedo é bacharel em Cinema e Audiovisual pela Universidade de Fortaleza e atua como curador do Cinema do Dragão desde 2013, onde já programou diversas mostras e festivais. Enquanto crítico, já colaborou com o Jornal O Povo nas coberturas dos festivais de Berlim e Cannes, além de ser membro da diretoria da Associação brasileira de críticos de cinema (Abraccine), por onde já integrou júris em festivais nacionais, foi autor no livro Documentário brasileiro: 100 filmes essenciais e atualmente coordena o projeto de difusão Sessão Abraccine. Também ministrou oficinas de crítica e curadoria para os cursos de cinema da Unifor, da Porto Iracema das Artes e foi roteirista/apresentador do TVCine Dragão, programa de debates exibido pela TV Ceará entre 2015 e 2017. Recentemente atuou como curador convidado do SESC 24 de Maio na mostra "À Nordeste - Cinema de Reinvenção", parte da programação integrada da exposição "À Nordeste", em São Paulo.


 

Serviço: Cinema do Dragão apresenta "Percursos Curatoriais", com Bruno Victor, Rafaella Rezende e Bethania Maia, curadores do festival rastro
Data: 21 de setembro de 2021 (terça-feira)
Horário: 17h
Local: Canal do Dragão do Mar no Youtube (youtube.com/dragaodomarcentro)
Acesso livre

 

PARCEIROS