Atenção:  É obrigatória a apresentação de documento que comprove o parentesco do responsável com a criança menor de 10 (dez) anos de idade no ato de compra do ingresso de qualquer evento/espetáculo do Centro Dragão do Mar. Esta é uma determinação da Justiça do Estado.

 

 

 

 

 

LITERATURA

 

Cordel com a Corda Toda
Associação de Escritores, Trovadores e Folheteiros do Estado do Ceará
A Feira Cordel com a Corda Toda é um evento da Associação de Escritores, Trovadores e Folheteiros do Estado do Ceará (AESTROFE). A feira ocorre enquanto é realizado o recital com os cordelistas Klévisson Viana e alguns dos principais expoentes da Literatura de Cordel na atualidade. Os artistas declamarão versos autorais e de vários outros poetas populares.
Dia 20, às 17h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

 

 

LEITURAS NO DRAGÃO [Programa da Temporada de Arte Cearense]

 

Baú de Shakespeare – Vida e Obra do Bardo
Por Juliana Veras – atriz, professora e pesquisadora de teatro
Uma apresentação bio-bibliográfica do autor, utilizando como recursos, além das leituras de trechos de sua obra, teatro e música, por meio da execução de cenas e canções originais das peças de Shakespeare ou nelas inspiradas. O condutor da aula é o próprio William, que se apresentará à plateia, contanto sobre si e sobre o que produziu, fazendo contextualizações artísticas e históricas da época dos anos 1500 e 1600, como também das influências e dos ecos da produção shakespeariana de então até o presente.

Dia 26, às 17h, no Auditório. Gratuito.

 

 

 

 

 

LANÇAMENTO

 

Céu de Luiz – Livro celebra 100 anos de Luiz Gonzaga
Fotografias de Tiago Santana e texto de Audálio Dantas
Livro em homenagem ao centenário de Luiz Gonzaga retrata o universo de Gonzaga, a partir de sua identificação com o sertão, particularmente a região do Pernambuco e do Cariri cearense, que é culturalmente uma das mais representativas da cultura popular do Nordeste. Exu, onde Luiz Gonzaga nasceu, foi o ponto de partida para sua carreira artística, é também o ponto de partida do livro, que reflete o que podemos chamar de Céu de Gonzaga. O fio condutor é o homem Luiz e o lugar onde ele nasceu, passou sua infância, descobriu o mundo e construiu a sua obra. O livro conta com o ensaio fotográfico realizado pelo fotógrafo Tiago Santana, e os textos do jornalista e escritor Audálio Dantas, repetindo assim a dupla de sucesso no livro O Chão de Graciliano (Ed. Tempo d'Imagem, 2006) - livro que recebeu, entre outros prêmios, o APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e o Prêmio Conrado Wessel, em 2007. O livro tem apoio cultural do Governo do Estado do Ceará e do Governo do Estado de Pernambuco.

 

Para colorir ainda mais o lançamento, a Orquestra Filarmônica do Ceará apresentará show em homenagem ao Rei do Baião. Um quinteto de cordas, percussão, sanfona e o maestro Gladson Carvalho entoarão clássicos como Asa Branca, Assum Preto e Sabiá.

Dia 15, às 19h30, no Teatro Dragão do Mar. Gratuito.

 

 

 

 

 

 

 

FEIRA, COMIDA E MÚSICA

 

Fuxico no Dragão
Vamos deixar o marasmo do domingo de lado e vamos fuxicar no Dragão? Todos os domingos por aqui, vai ter feira, comida e música sempre ao cair do sol. É o Fuxico no Dragão que retorna com 20 expositores de moda, design, produtos terapêuticos e alimentação, das 16h às 20h, na Arena Dragão do Mar. Para criar a levada certa, tem ainda DJ e artistas da terrinha em tom intimista, embalando a feira. Especialmente em abril, o Fuxico no Dragão trará apresentações que homenageiam o chorinho. Isso porque dia 23 deste mês é o Dia Mundial do Choro - data de aniversário de um dos seus maiores expoentes desse estilo, Pixinguinha.

 

Para estrear o Fuxico agora, no dia 6, tem o DJ Rafael Ary e Carlinhos Patriolino. No domingo seguinte, dia 13, é a vez do DJ Darwin Marinho e da dupla Soledad e Bedê. No dia 20, o DJ Estácio Facó assume junto do bandolim de Macaúba. "A ideia da música aqui é criar um ambiente. A música vai ser baixinha, intimista, para dar um clima mesmo de tranquilidade, de fuga dessa agitação tão natural hoje das grandes cidades", define Renata Sampaio.

 

E, como o dia 23 de abril não pode passar em branco – ainda que não seja domingo – Tarcísio Sardinha e Bárbara Sena e a DJ Renatinha fazem a especial noite do chorinho. Paralelamente às apresentações do dia 23, o artista Rafael Limaverde irá fazer surgir, com a arte do grafite, sua versão do mestre Pixinguinha. Neste mês de abril, o Fuxico no Dragão só não será realizado no dia 27, por conta do Dragão Fashion. Mas, depois, retoma os percursos dominicais normalmente pelos meses seguintes com nova programação de apresentações musicais e expositores. O Fuxico no Dragão é uma parceria do Dragão do Mar com a Vagalume Produção Cultural e Comunicação.
Dias 6, 13 e 20, a partir das 16h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.

Noite especial do chorinho. Dia 23, às 17h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

 

 

 

 

 

 

 

MODA

 

Dragão Fashion Brasil - 15° edição
A 15ª edição do Dragão Fashion Brasil traz 41 desfiles, dezenas de workshops, oficinas e palestras, além de novos formatos de apresentar o melhor da moda autoral brasileira no maior evento do segmento. Em 2014, o Dragão Fashion Brasil celebra 15 anos de atividades e consolida sua posição de incentivador das vanguardas criativas e da moda autoral produzida tanto em solo nacional quanto em países com uma indústria de têxteis e confecção mais madura. Inspirado pelas "bodas de cristal", referentes aos 15 anos de casamento com a moda autoral brasileira, o DFB prepara uma série de surpresas que tem o brilho, a clareza e os mistérios das formações de cristal como base de inspiração. Tendo como tema "A moda move o mundo", o DFB irá discutir os movimentos pelos quais a indústria da moda no Brasil e no mundo tem encontrado para enfrentar um período sensível e delicado para a economia e para o trade.
De 23 a 27 de abril. Informações: (85) 3261.3656. Site: www.dfhouse.com.br.

 

 

 

 

 

 

 

 

MULTIGALERIA

 

bauhaus.filme
Dentro do contexto do ano Alemanha+Brasil 2013-2014 – Quando ideias se encontram, o Goethe-Institut, a Casa de Cultura Alemã, o Departamento de Arquitetura e Urbanismo, o Instituto Cultura e Arte da UFC e o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura promovem, em Fortaleza, uma exposição inédita de filmes produzidos por  professores e alunos da Bauhaus, a vanguardista escola superior de design alemã fundada por Walter Gropius, em 1919, e extinta pelo governo, em 1933.

 

A mostra bauhaus.filme, que reúne uma dúzia de filmes do acervo da Fundação Bauhaus Dessau, ficará em cartaz na Multigaleria, até 20 de abril  de 2014, antes de seguir por outras cidades brasileiras. Christian Hiller, Philipp Oswalt e Thomas Tode (da Fundação Bauhaus Dessau) assinam a curadoria da exposição idealizada por Alfons Hug, diretor do Goethe-Institut – Rio de Janeiro.

 

Para muitas pessoas, Bauhaus é sinônimo de arquitetura e design, mas poucos sabem que o filme teve um papel não menos importante na Escola de Design e Artes alemã. Depois da Primeira Guerra Mundial, esta nova mídia refletia perfeitamente o espírito da época: a capacidade de captar em imagem a aceleração da vida sob diferentes pontos de vista aguçou a curiosidade de muitos estudantes e docentes da Bauhaus para a exploração das possibilidades do filme. O uso de câmeras fotográficas e as experimentações em audiovisual já faziam parte do cotidiano da escola antes disto.

 

A Fundação Bauhaus Dessau apresentará, na Multigaleria, projeções em grande formato de filmes originais raros. Os vídeos possibilitam um contato próximo e sensível com a produção histórica da Bauhaus, evidenciando práticas e conceitos que faziam parte do que Walter Gropius chamava de “ciência do olhar”. O filme, na qualidade de mídia técnica por excelência, foi um elemento fundamental desse programa.

 

A exposição oferece uma visão abrangente do conjunto de atividades praticadas na Bauhaus e ilustra a influência recíproca entre diversas disciplinas aplicadas na instituição e exibe, no prólogo, a mesma programação de filmes exibida por Walter Gropius na cerimônia de inauguração do novo prédio da Bauhaus, em Dessau, em 4 de dezembro de 1926. Filmes produzidos por  “bauhausianos” e outros contemporâneos compartilham o espaço com entrevistas e adaptações posteriores, em filme de projetos mais antigos de Werner Graeff, Kurt Schwerdtfeger e Kurt Kranz, apresentando um panorama geral do repertório cinematográfico da escola alemã.

 

A Fundação Bauhaus Dessau 
A Fundação Bauhaus Dessau, instalada em 1994 pelos governos federal, estadual e municipal dentro do prédio da Bauhaus situado em Dessau-Rosslau, dedica-se à preservação deste rico legado, além de contribuir para compor o atual universo de museus. Com 26 mil objetos, é a segunda maior coleção da Bauhaus em todo o mundo. Com as casas dos mestres e o gabinete de trabalho de Walter Gropius, o celeiro de Carl Fieger, as casas com arcadas de Hannes Meyer ou a casa de aço de Georg Muche e Richard Paulick, em Dessau-Rosslau podem ser apreciadas obras marcantes da arquitetura internacional da modernidade (www.bauhaus-dessau.de).

 

Sob o mote “Quando ideias se encontram”, a temporada da Alemanha no Brasil 2013-2014 trouxe e trará uma grande quantidade de eventos nas áreas de cultura, sustentabilidade, economia, tecnologia, ciências, educação e esporte em todo o Brasil até maio de 2014, com o objetivo de fortalecer os laços entre os dois países (www.alemanha-e-brasil.org/de).

 

 

SERVIÇO 
bauhaus. filme
Visitação: até 20 de abril de 2014. De terça a sexta, das 9h às 19h com acesso até as 18h30. Sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h com acesso até as 20h30.
Local: Multigaleria. Livre para todas as idades.
Gratuito.
Informações: 3488.8600

 

 

 

 

 


CIRCUITO DE MÚSICA ERUDITA

 

 

Sax in Cena
Primeiro quarteto de saxofones profissional do Ceará, o grupo Sax in Cena apresenta obras de compositores franceses e peças de Alberto Nepomuceno.
Dia 6, às 18h, no Auditório. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia).

 

 

Café Concerto
O maestro Gladson Carvalho, da Orquestra Filarmônica do Ceará, traz a quarta edição do Café Concerto neste mês de abril. Durante duas horas de palestra e debates, o maestro faz um empolgante passeio pela história da música e seus estilos, do barroco à música contemporânea. A ideia também é explicar como funciona todos os tipos de orquestras e trazer músicos convidados.
Dia 25, às 19h30, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia).

 

 

Quarteto Cearense
O Quarteto Cearense volta ao Dragão do Mar com mais um belo repertório que vai do barroco ao contemporâneo. O grupo é parte dos músicos de cordas da Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho.
Dia 27, às 18h, no Auditório. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia).

 

 

 

 

 

 

 

 

MÚSICA

 

 

POLIFONIAS [Programa da Temporada de Arte Cearense]

 

Quinteto Agreste
Grupo de música vocal e instrumental, com repertório construído sobre os alicerces da música popular brasileira, em especial, da música popular nordestina, cujo rico manancial é fonte de pesquisas e de (re)leituras, permanentes. No lastro diverso das sonoridades e dos ritmos nordestinos, definiu sua identidade artística e firmou sua personalidade musical. Aqui, apresenta o show "Ceará de Luz".

 

Zabumbeiros Cariris
Formado desde outubro de 2002, na cidade de Juazeiro do Norte, e unindo músicos de gerações e influências diferentes, o grupo Zabumbeiros Cariris desenvolveu seu trabalho musical mergulhando neste vasto imaginário nordestino, ainda preservado nos inúmeros folguedos da cultura popular presentes na região. Com um repertório autoral, formado por temas instrumentais e canções cujas letras nos remetem a fatos históricos do Cariri, como, a saga do Caldeirão do Beato Zé Lourenço, os Zabumbeiros Cariris apresentam uma música simples e vigorosa, baseada na sonoridade de instrumentos típicos da região, como o zabumba, o pífano e a rabeca. No Dragão, o grupo apresenta o show "Candeias".

Dias 19 e 20, às 20h, no Anfiteatro. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia). No programa Polifonias, os dois artistas sobem ao palco na mesma noite em dois dias de shows seguidos.

 

 


DEPOIS DAS SEIS [Programa da Temporada de Arte Cearense]

 

Lia Veras - show Pra te dizer algo assim
O show Pra te dizer algo assim é um presente aos ouvidos do público, que poderá se deleitar com um belíssimo repertório, especialmente selecionado para ser apresentado num show intimista, recheado de melodias que falam de vida, amor, desencontros e encontros. São músicas essencialmente brasileiras em sua propriedade rítmica e harmônica, que trazem à memória sonora do ouvinte clássicos do cancioneiro brasileiro adormecidos no nosso inconsciente musical. Um show que pretende proporcionar ao público uma viagem musical por um Brasil enfeitado de cores e amores. Nele, a cearense Lia Veras trará estilos como o baião, as cantigas de roda e toadas bem românticas, cujas melodias encherão de amor os corações.
Dia 10, às 18h30, no Café do Cinema. Gratuito.

 

 


PANORAMA [Programa da Temporada de Arte Cearense]

 

Grupo Estamos Aí - Com show Toca Toots!
O grupo apresenta o seu novo show "Toca Toots!" em homenagem ao grande gaitista e ícone do jazz internacional, Toots Thielemans. Conhecido por tocar guitarra, harmônica de boca e também por ser um impecável assoviador profissional. Toots Thielemans é considerado por aficionados e críticos de jazz como um dos maiores gaitistas de jazz do século XX. O show será levado a momentos importantes da sua carreira como gaitista, que interligam o jazz e a música brasileira. Essa aproximação lhe rendeu grandes parcerias com músicos e artistas renomados no cenário nacional.
Dias 11 e 25, às 20h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

 

 

MUSICAL

 

Menino
Coral da Universidade Federal do Ceará
O Coral da Universidade Federal do Ceará (UFC) apresenta o espetáculo cênico-musical "Menino", a partir da obra do cantor e compositor Milton Nascimento. "Menino" faz referência a essa alma moleque do brasileiro, sonhador e poético presente na vida e na obra do músico mineiro, homenageando ainda os 50 anos de carreira do cantor, completados em 2012. No palco, 36 cantores interpretam canções de Milton Nascimento, abordando os "encontros e despedidas" inerentes à travessia da vida, fazendo ao público uma pergunta: o que foi feito? Sob a regência e direção dos maestros Erwin Schrader e Elvis Matos e com preparação vocal do maestro Gerardo Viana Júnior, o Coral da UFC executa 19 canções especialmente arranjadas para o espetáculo "Menino".

Dias 4, 5, 6, 11, 12 e 13, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Classificação livre.

 

 

Gólgota – O musical
Grupo Populart – Texto e direção: João Andrade Joca
Os evangelhos nos revelam verdadeiramente o período histórico, os personagens, os ensinamentos e os milagres de Jesus? Será que estamos cegos e preguiçosos intelectualmente, incapazes de perceber os desdobramentos do que vem ocorrendo no Brasil e no mundo há anos, diante dos fatos impostos por cúpulas e pensamentos cristãos? É a partir destes questionamentos que o Gólgota – O musical, concebido diante de processos laboriosos de pesquisas e debates, embasados em livros, teorias teatrais, na vivência política, social e cultural de cada um dos jovens envolvidos, nos influenciou em transformar a 'divindade' de Jesus em algo mais palpável, mais humano. Ele está aqui, agora, na gente, sendo morada de nosso corpo, de nossas consciências, de nossas atitudes. Sua história e a nossa realidade é a mesma. Uma revolução por reformas estruturais mais profundas no ser humano e no país está prestes acontecer, e Jesus, nosso irmão, é o nosso líder.

Dias 9 e10, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Gratuito.

 


 

SHOWS

 

Dragão Pop Music - show com Dona Leda e Cidade Negra
Stallo Produções
Promovido pela Stallo Produções, o Dragão Pop Music traz a banda Cidade Negra à Praça Verde do Dragão do Mar. Cidade Negra é uma banda de Reggae reconhecida nacionalmente, com influências do soul e do pop rock e na estrada desde 1986. Surgiu na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, e traz letras de amor e conflitos sociais em suas canções. Para Fortaleza, a banda traz antigos sucessos e também o último álbum "Hei, Afro!", que marca a volta de Toni Garrido aos vocais, depois de quatro anos. A sonoridade deste projeto é um misto de reggae e pop e as letras têm cunho social, característica marcante do grupo. Das 13 faixas do álbum, que foi mixado na Jamaica, duas delas ("Ninguém pode duvidar de Jah" e "Don't wait"), foram produzidas por Liminha, que já trabalhou com os maiores nomes da música brasileira. As demais foram produzidas pelos próprios integrantes do Cidade Negra: Toni, Lazão e Bino farias. Do repertório diversificado, destaque para a versão de "Somewhere over the rainbow", clássico do Mágico de Oz. A faixa mostra a versatilidade desses ótimos músicos. Quem abre o show do Cidade Negra é a banda cearense de reggae Dona Leda.
Dia 5, às 20h, na Praça Verde. Ingressos: 1º LOTE Pista R$ 37 (meia) e R$ 72 (inteira) // Front R$ 57 (meia) e R$ 112 (inteira). Pontos de venda: Site https://www.bilheteriadigital.com/dragao-pop-music-05-de-abril; e bilheteria do Dragão do Mar. Funcionamento de terça a domingo, das 14h às 20h. Informações: (85) 3035.9996.

 

 

Khrystal
Show Dois Tempos
Em "Dois Tempos", a cantora Khrystal apresenta as canções do seu primeiro CD autoral que leva o mesmo nome e é o segundo de sua carreira. Sob a direção musical do guitarrista, compositor e parceiro Ricardo Baya - que produziu o disco junto com Khrystal - a cantora ainda conta com os talentos de Paulo de Oliveira no baixo, Paulo Eduardo nos teclados e sanfona, Darlan Marley na bateria e Kleber Moreira na percussão, fechando o time. O CD tem release escrito pelo Jornalista e Crítico de MPB Tárik de Sousa, teve publicações em revistas como a Brasileiros, Bzzz, figurou em listas de melhor disco do ano em Blogs especializados (El Cabong, O Embrulhador), foi premiado (Prêmio Hangar de Melhor Disco) e vem se apresentando pelo Nordeste desde seu lançamento. Além do repertório autoral a cantora escolheu algumas de suas músicas preferidas e passeia pelas composições de Geraldo Azevedo, Alceu Valença, Severino Ramos, Bráulio Tavares, Seu Jorge e Ricardo Baya. Sua participação no programa "The Voice Brasil" principalmente sua interpretação da canção "A Carne" trouxe repercussão no Jornal Inglês " The Guardian" além do apoio de Artistas como Alceu Valença, Chico César, Glória Perez e Maria Gadú. Algumas das canções defendidas no programa figuram no repertório trazendo para o público essa atualização. "O show é reflexivo e divertido ao mesmo tempo. Tem os momentos de só ouvir e de cantar Junto. É mais pessoal que o primeiro e menos saudosista também. Fala de cotidiano e de sentimentos que não mudam mesmo diante de um mundo em constante transformação", conclui a cantora.
Dia 25, às 20h, no Anfiteatro. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia).

 

 

 

 

 

 

 

MOSTRA BOM JARDIM

 

Banda X-Vértices – "O Teatro Mudo"

Atualmente, a banda prepara-se para gravação de um EP oficial a fim de mostra ao público novas composições e arranjos diferenciados que fazem parte do repertório de músicas autorais. Sempre mostrando humildade, seriedade e confiança no seu trabalho a X-vértice vem buscando, com muito esforço, um espaço na cena do rock nacional e a realização de ver que seus esforços para viver da música irão ser reconhecidos, quem sabe, pelo mundo.
Dia 6, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

 

Faces Of War - "Hell in Paradise"
A banda Faces of War está na ativa desde 2008, em Fortaleza, executando um heavy metal melódico com abordagens críticas, filosóficas e, principalmente, sociais. A banda propõe uma musicalidade profissional no intuito de consolidar o estilo no meio regional, nacional e internacional. No Dragão do Mar, continuará o processo de divulgação do EP "Hell in Paradise".
Dia 12, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

 

WHO IS IT – Tributo a Michael Jackson
Para amenizar a dor com a morte do maior ídolo do pop, Michael Jackson, o diretor Gleidson Rodrigues traz novamente aos palcos o desempenho, a caracterização, o balé e a interpretação que faz do artista. Mais conhecido como "Gleidson Jackson", o dançarino ficou nacionalmente conhecido após ganhar o Prêmio de Melhor Cover do Brasil, no programa TV Xuxa (Rede Globo), no dia 29 de outubro de 2011. Gleidson interpreta Michael Jackson há 13 anos. E foi no bairro Bom Jardim que ele surgiu.
Dia 23, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia).

 

 

 

 

 

 

TEATRO

 

TEATRO DE RUA [Programa da Temporada de Arte Cearense]

 

Capitão Rodopio nas ruas do Dragão
Oficina de Arte Teatro & Cia (Oficarte) – Texto: Márcia Oliveira – Direção: Frank Lorenço
No tempo em que o mundo era por reinados dirigidos, existiam dois reinos, cada qual mais bem regido, o reino dos Ferreira e o reino dos Barbaceno. Ambos traziam uma rixa de herança desde quando os tataravôs ainda eram crianças. Moysaniel,rei dos Ferreira, herdou o trono do Reino da Pedra Fina quando desencantou e casou-se com Angeltrina, que, antes de falecer, lhe deixara uma filha de nome Esmeralda. Moysaniel casou-se novamente com Zoraide, uma feiticeira má que pretendia transformar o Reino da Pedra Fina no tenebroso Vale das Lamúrias. Esmeralda se apaixona por Romualdo, príncipe dos Barbaceno, e passam a viver um amor proibido, até serem descobertos por Gregório, primo de Esmeralda e que nutre uma paixão pela mesma. Uma bela história de amor.
Dias 3, 10 e 24 de abril e 8 de maio, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

 

TEATRO DA TERÇA [Programa da Temporada de Arte Cearense]

 

Avental todo sujo de ovo
Grupo Ninho de Teatro - Texto: Marcos Barbosa – Direção: Jânio Tavares
O espetáculo trata da relação familiar com seus sentimentos, limitações e suas (in)verdades. A peça convida os espectadores a visitarem a casa de Alzira e Antero, o casal que há dezenove anos, junto à comadre Noélia, vive a angustiante espera do filho Moacir. Este cotidiano só se modificará a partir da inesperada visita de Indienne Du Bois.
Dias 8 e 22, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia). Classificação: 12 anos.

 

 

 

 

 

 

 

CIRCO

 

DOMINGO NO CIRCO [Programa da Temporada de Arte Cearense]

 

Vamos Viajar?!
Orquestra Palhaçal
Entre as várias viagens que Omar Chinelo, Eimá e Bibiu já fizeram, eles decidem contar como foi a melhor e mais incrível de todas. A história com um peixe na pista do aeroporto, e que depois se transforma em um caranguejo. Passam por um jardim mágico, conhecem o Cravo e a Rosa, um sapo e até um senhor francês, de nome bem engraçado. Aprendem como tocar música e, ensinam para a plateia, com direito até a aula prática. E finalmente entendem, que mesmo que nunca se tenha feito uma viagem daquelas, com imaginação é possível ir aonde quisermos.
Dias 13 e 27, às 17h, na Praça Verde. Acesso gratuito.

 

 

 

 

 

 

 

 

PLANETÁRIO RUBENS DE AZEVEDO


Foto: Marina Cavalcante

 

O Planetário Rubens de Azevedo é um espaço de entretenimento e formação pedagógica através de caráter transdisciplinar em Astronomia.

Sessões:

O ABC do Sistema Solar
Em uma nave imaginária crianças fazem uma viagem pelo Sistema Solar. Durante a viagem elas aprendem sobre a mitologia das constelações e as lendas astronômicas. 30min.

Nos Limites do Oceano Cósmico
Usando o poder da nossa imaginação, viajaremos pelo espaço a uma velocidade próxima a da luz até o limite do universo visível, e com a ajuda do planetário, veremos de perto a nossa galáxia e grupos de galáxias muito distante de nós. Será que o universo tem fim? O que vemos no céu é uma ilusão? Você verá que o universo está em expansão e novas estrelas estão surgindo a todo instante.

Explorando o Universo
Venha se aventurar numa fascinante viagem pelo universo, e com Galileu conheceremos os segredos do céu e suas descobertas científicas para o progresso da ciência. 40min.

Origens da Vida
Mergulhando no desconhecido, e a partir das profundezas do oceano, descobriremos as origens da vida em nosso planeta. Através do tempo e espaço viajaremos até o nascimento das primeiras estrelas. 30min.

 

Sessões às quintas e sextas-feiras:

18h - Explorando o Universo
19h - Nos Limites do Oceano Cósmico
20h - Origens da Vida


Sessões aos sábados e domingos:

17h - ABC do Sistema Solar
18h - Explorando o Universo
19h - Nos Limites do Oceano Cósmico
20h - Origens da Vida

 


Noite das Estrelas

Quando a lua está na fase quarto crescente, o Planetário Rubens de Azevedo disponibiliza telescópio para observação astronômica. O público observa crateras lunares, planetas, fenômenos astronômicos e outros objetos celestes.

Dias 12 e 13, às 19h, em frente ao Planetário. Gratuito.

 

 

Atenção:  É obrigatória a apresentação de documento que comprove o parentesco do responsável com a criança menor de 10 (dez) anos de idade no ato de compra do ingresso de qualquer evento/espetáculo do Centro Dragão do Mar. Esta é uma determinação da Justiça do Estado.

 

 

 

 

 


CINEMA DO DRAGÃO - FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO

 

A programação regular do Cinema do Dragão - Fundação é definida semanalmente, numa parceria entre a Fundação Joaquim Nabuco e a curadoria adjunta (Salomão Santana e Pedro Azevedo) e pode ser consultada na página do cinema neste site ou no blog www.cinemadodragao.com.br.

 

Informações: 3219.5899
www.dragaodomar.org.br
programacaocinema@dragaodomar.org.br
Twitter: @cinemadodragao
Facebook: Cinema do Dragão-Fundação


Ingressos na Bilheteria do Cinema do Dragão -Fundação R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia). A bilheteria funciona de terça a domingo, das 14 às 22h.

 

 

Agilize a sua entrada! Ao comprar ingresso através do site ingresso.com, imprima o comprovante/ingresso de compra e dirija-se diretamente à entrada do Cinema do Dragão, sem necessitar fazer a troca na bilheteria. É mais prático e rápido. Experimente.

 

 

Também têm direito à meia da meia-entrada, no valor de R$ 3,00, estudantes da Escola Porto Iracema das Artes e da Escola de Artes Thomaz Pompeu Sobrinho e alunos de audiovisual do Centro Cultural Bom Jardim, da UFC, UNIFOR e da Vila das Artes, mediante apresentação de comprovante de matrícula.

 

 

 

 

 

 

 

MÚLTIPLAS LINGUAGENS

 


Sahaja Yoga
O A prática permite que a pessoa se identifique com o seu verdadeiro ser, abandonando os hábitos negativos para a evolução espiritual.
Todas as sextas, às 16h, no Bosque da Praça Verde. Acesso gratuito.

 

Encontro Cearense de Malabares
O encontro reúne jovens iniciantes e profissionais que exercem a prática dos malabares.
Todos os sábados, às 17h, na Praça Almirante Saldanha. Acesso gratuito.

 

5º Grupo Escoteiro do Ar Pinto Martins
De acordo com a faixa etária dos participantes, o grupo define as atividades de escoteirismo.
Todos os sábados, das 14h às 17h, no Bosque da Praça Verde. Acesso gratuito.

 

Feira Dragão Arte
Feira de artesanato fruto da parceria com Sebrae-CE e Siara-CE.
Todas as sextas, sábados e domingos, das 17h às 22h, ao lado do Espelho D'Água. Acesso gratuito.

 

Brincando e Pintando no Dragão do Mar
Brincadeiras e atividades infantis para todas as idades orientadas por monitores.
Todos os domingos, das 16h às 19h, na Praça Verde. Acesso gratuito.

 

Planeta Hip Hop
Grupos promovem exibições de dança e música hip hop.
Todos os sábados, às 19h, na Arena Dragão do Mar.


 

 



 

 

 

MUSEU DA CULTURA CEARENSE – MCC

 


O Museu da Cultura Cearense é um museu etnográfico que tem como proposta promover a difusão, a fruição e a apropriação do Patrimônio Cultural do Estado do Ceará, aplicando ações museológicas de pesquisa, preservação e comunicação, visando à inclusão e ao desenvolvimento sociocultural.

 

 

Exposições

 

"BRASIL um país um mundo"

 



O futebol e a paixão do torcedor brasileiro como fenômenos multifacetados, que incidem diretamente na formação da brasilidade. Esta é a premissa da exposição BRASIL um país um mundo, abre para o público dia 2 de abril no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. A exposição traz um grandioso e exclusivo acervo de peças históricas do nosso futebol, entre objetos, fotos, vídeos, instalações interativas que também mostram como o futebol permeia as mais diversas áreas de conhecimento. Desde sua estreia em Brasília em dezembro passado, BRASIL um país um mundo já passou por Curitiba, Salvador, Recife, Porto Alegre e Natal e rodará até julho pelas demais cidades-sede da Copa. Integrante da Programação Oficial do Governo Federal da Copa do Mundo FIFA 2014, a exposição traz um acervo composto de relíquias que levam o visitante numa viagem pelo tempo até os anos 30, reunindo camisas usadas em jogos de Copas, campeonatos oficiais e jogos amistosos, troféus, medalhas, bolas e chuteiras.

 

Visitação: 2 a 29 de abril. De terça-feira a sexta-feira, das 9h às 19h (entrada até 18h30). Sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (entrada até 20h30). Classificação indicativa: livre. Gratuito. Mais informações: http://brasilumpaisummundo.com.br/.

 

 

 

 

Vaqueiros [Sala 4]

Foto: Marina Cavalcante

Exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro.
Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h; e aos sábados, domingos e feriados das 14h às 21h. Gratuito.

 

 

 

 

 

Agendamento de grupos para visitas às exposições

Núcleo de Ação Educativa

Partindo das especificidades de um museu etnográfico, o Núcleo de Ação Educativa do MCC objetiva formar educadores para atender ao público agendado e espontâneo. Composto por uma equipe multidisciplinar, realiza mediações com as mais variadas temáticas relacionadas à cultura popular trazidas pelas suas exposições.

Mediações
Os educadores do MCC proporcionam três tipos de mediações aos seus visitantes:

  • Mediação simples: mediação rápida, mais orientadora, destinada ao público não agendado e espontâneo. Duração de até 20 min.
  • Mediação ampliada: mediação problematizadora, formadora, que instiga o visitante a refletir de forma crítica sobre a exposição. Duração de até 01h30min.
  • Mediação com oficina: mediação mais prolongada, pois além de ter como ponto central a reflexão, nesta visita atividades de arte-educação são vivenciadas. Por exemplo: teatro de fantoche, desenho, contação de história, roda de conversa e oficinas de acordo com a exposição em cartaz. Duração de até 2hs.

 

O agendamento dos museus do CDMAC pode ser feito de segunda a sexta, das 13h às 18h.
Contato: (85)3488.8604
E-mail: agendamento@dragaodomar.org.br

 

 

 

 

 

 

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA – MAC

 

 


Exposições

 



"Coleção Itaú Cultural de Fotografia Brasileira"

 

 

De 26 de março a 11 de maio, o Museu de Arte Contemporânea do Ceará – Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura recebe a mostra Coleção Itaú Cultural de Fotografia Brasileira. Com curadoria de Eder Chiodetto e produção do Itaú Cultural, o conjunto apresenta 56 obras do final da década de 1940 até hoje, estabelecendo um espelhamento lúdico entre trabalhos modernistas e contemporâneos com foco na representação fotográfica experimental. As imagens fazem parte do acervo do Banco Itaú.

 

A exposição iniciou sua itinerância em 2012 por Paris e Rio de Janeiro, passando em 2013 por São Paulo, Belo Horizonte e Belém e chega ao Ceará com duas obras inéditas e de grande representação para o acervo. Uma delas é a Obra 5, de Mauro Restiffe, exibida na mesma sala que Visão Arquitetônica, do cearense Francisco Albuquerque, que fez parte do movimento fotoclubista do final da década de 30 no Brasil. Os trabalhos desses dois fotógrafos atendem à composição de obras de artistas que representam um instigante contraponto entre vanguardistas e contemporâneos. No mesmo espaço e com a mesma intenção, estão fotos de German Lorca e Paulo Pires, expostos ao lado de nomes atuais como, Caio Reisewitz, Claudia Jaguaribe, Rubens Mano, Marcia Xavier e Marcos Chaves.

 

Outra grande novidade que chega ao MAC do Ceará, o tríptico Primários (1992), de Rosângela Rennó, foi recém-adquirido pelo acervo do Banco Itaú e é exibido pela primeira vez ao público. "Esta obra pertence à seleção da primeira sala expositiva, cujo ponto comum entre os autores é a investigação dos limites da representação pela fotografia, resultando em imagens metalinguísticas e de grande impacto visual", explica o curador. Neste espaço, Geraldo de Barros é o ícone fundamental e justifica toda a nova geração de artistas presentes nesta seleção, Vik Muniz, Albano Afonso, Dora Longo Bahia e a própria Rosângela Rennó.

 

Segundo conta Chiodetto, a exposição se estende por quatro salas expositivas nas quais a ressonância da fotografia modernista na produção contemporânea é destacada de três formas: a relação com a paisagem urbana; o universo da subjetividade; e questionamentos acerca da representação resultando em trabalhos que ampliam as estratégias formais da fotografia. Confira mais informações no site do Itaú Cultural.

 

 

Até 11 de maio de 2014. Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h; e aos sábados, domingos e feriados das 14h às 21h. Gratuito.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ações Educativas

Mediação a partir dos conteúdos das exposições para público espontâneo e agendado. A equipe é formada por Arte Educadores - universitários multidisciplinares - que desenvolvem ações de mediação com Escolas, Projetos, Universidades, ONGs e demais instituições interessadas em visitar o Museu e conhecer mais sobre Arte Contemporânea.

 

O agendamento dos museus do CDMAC pode ser feito de segunda a sexta, das 13h às 18h.

 

Biblioteca de Artes Visuais Leonilson

Espaço especializado em artes visuais com cerca de dois mil livros nas áreas de Fotografia, Design, Museologia, História da Arte, Arquitetura e Urbanismo, Moda e Arte Contemporânea.

Serviço gratuito, de terça a sexta, das 9h às 18h.

 

 

 

 

 


 



 


 

 

 

CENTRO DRAGÃO DO MAR DE ARTE E CULTURA

Rua Dragão do Mar 81, Praia de Iracema - CEP: 60060-390 - Fortaleza/CE - CNPJ: 02.455.125/0001-31
Informações gerais: 55 (85) 3488 8600 / 55 (85) 3488 8608