PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAÇÃO
Programação
Brincando e pintando no dragão

Sob a orientação de monitores, uma série de jogos, pinturas, brincadeiras e outras atividades são oferecidas às crianças. A programação traz ainda oficina, teatro de bonecos e muito mais.

 


 


Linguagem: Infantil
Local: Arena Dragão do Mar
Dias: 31/03/19 às 16h00
         07/04/19 às 16h00
         14/04/19 às 16h00
         21/04/19 às 16h00
         05/05/19 às 16h00
Acesso Gratuito
Classificação: Livre
Foto: Luiz Alves
Dia do Choro - Tarcísio Sardinha e Grupo Tô Só Dizendo

Sardinha é um dos principais nomes do choro cearense. Além de músico de mão cheia e arranjador super requisitado, foi responsável pela formação de diversos instrumentistas de corda que hoje se destacam na cena local e nacional, entre eles: Cainã Cavalcante, Pedro Madeira e Samuel Rocha. Outros instrumentistas passaram pela formação original de Tarcísio Sardinha, como a sanfona de Freitas Filho, o clarinete de Giltácio Santos entre tantos outros. Através da Roda de Choro, Sardinha continua influenciando gerações e mais gerações com a sua maneira peculiar de ensino.

 

Alunos viram amigos e admiradores do mestre. Assim surgiu o grupo Tô Só Dizendo, nome em alusão ao jargão do Seu Carvalho, pai de Sardinha. O grupo Tô Só Dizendo é formado por Pedro Madeira no bandolim, Mateus Farias na flauta e Rafael Melo no Pandeiro. O trio já realizou apresentações e realizou oficinas em Fortaleza e no interior do Estado.

 

No Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes 2017, foi lançado o Songbook Tremembé com choros de Tarcísio Sardinha pela Orquestra Popular do Nordeste. O livro foi distribuído gratuitamente em rodas de choro e encontros de músicos. A segunda edição desse Songbook, agora com mais composições, será lançada na apresentação do dia 23 de abril, Dia Nacional do Choro, no Dragão do Mar.


Linguagem: Música
Local: Arena Dragão do Mar
Dias: 23/04/19 às 19h00
Acesso Gratuito
Espetáculo 'A Rua é Noiz'

Realização: Instituto Katiana Pena/ Corpomudança

 

Nosso espetáculo é coisa séria e fala de problemas sociais, sim! Eles existem; estão aqui. A gente os sente na pele, na hora do almoço, quando cai a chuva... Por isso, nosso corpo pede mudança e manifesta-se pela igualdade de raça e gênero. "Sou preto, sim; branco pobre, sim; mulher do fim do mundo, sim! E daí? Eu quero a parte que me cabe nesse latifúndio!"

 

"A Rua é NOIZ" é uma vontade de conhecer a si mesmo, de revelar as identidades dos que moram em cada rua, beco e conjunto habitacional. Nossa arte é engajada. Nossa história é nosso orgulho. História de luta, de trabalho e de resistência. Nosso espetáculo é pragmático e o assunto são as pessoas, porque só elas importam.


Linguagem: Dança
Local: Teatro Dragão do Mar
Dias: 23/04/19 às 20h00
         24/04/19 às 20h00
         25/04/19 às 20h00
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).
Classificação: Livre
Mostra Pavilhão da Magnólia - 14 anos, com os espetáculos 'Maquinista' e ''Ogroleto''

Realização: Grupo Pavilhão da Magnólia

 

Maquinista 


A incrível história do "ator" que entrou para o bando de Lampião após enganar toda uma cidade. Antônio Maquinista*, tipo presepeiro, inteligente e bem-parecido, que, com boa leitura e não pior escrita, dispôs-se a promover, em meados de 1926, um espetáculo de teatro na cidade de Floresta, Pernambuco. Mas, após recolher o dinheiro dos ingressos e arrecadar por empréstimo um sem-número de cobertas a serem improvisadas em cortinas, desapareceu na hora da abertura do espetáculo com tudo o que se achava em seu poder. Jurado de morte pela rapaziada fogosa da terra, justamente afrontada com o ridículo em que se envolveram indiretamente as suas famílias, é com pouca surpresa que dias depois estoura a notícia do alistamento do ator velhaco no bando de Lampião, que aliás viria a pôr freio ao seu espírito criativo. *baseado numa história real.

 

Ogroleto


Uma criança que descobre que não é igual às outras, e tem que aprender a aceitar e a lidar com essa diferença, com a dificuldade de adaptação, o sentimento de inadequação e a frustração que envolvem esta descoberta. Após um intercâmbio do grupo Pavilhão da Magnólia com o diretor premiado Miguel Vellinho da Cia Pequod (RJ), chegamos à obra Ogroleto de Suzanne Lebeau que dialoga com questões contemporâneas do mundo das crianças e adultos possibilitando novas discussões acerca da cultura da infância, sua subjetividade, estética e poética.

 

O espetáculo Ogroleto se apresenta dia 28 de abril de 2019, às 17h


Linguagem: Teatro
Local: Teatro Dragão do Mar
Dias: 26/04/19 às 20h00
         28/04/19 às 17h00
         28/04/19 às 20h00
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).
Classificação: 14 anos
Fuá de Salão

Fuá de Salão é um projeto de dança de salão que reúne diferentes ritmos e que convida o público a dançar.


Linguagem: Dança
Local: Arena Dragão do Mar
Dias: 28/04/19 às 16h00
Acesso Gratuito
Classificação: Livre
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
PARCEIROS